Notícias

Com assessoria de imprensa CMFI

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as denúncias averiguadas pela Operação Pecúlio da Polícia Federal, realizou mais uma reunião na manhã desta segunda-feira, 23 de maio, para análise de documentos e também recebimento de denúncias envolvendo Fozhabita. Além disso, os parlamentares decidiram, na reunião de hoje, começar a análise pelas denúncias que envolvem a questão do asfalto e posteriormente vão listar as pessoas a serem ouvidas pela CPI. A prioridade às apurações relacionadas à pavimentação e asfalto se devem à suspeitas de superfaturamento em contrato, licitação dirigida e montagem de cartel.

Leia mais...

O vereador Nilton Bobato (PCdoB) que propôs a abertura da CPI da Operação Pecúlio, com vistas a acompanhar a investigação das fraudes, apontadas pela Polícia Federal, em diversos contratos da prefeitura,  afirmou que fará de tudo “para o efetivo funcionamento da CPI e para chegar a resultados concretos antes do término dos trabalhos”. A declaração feita durante entrevista à rádio local aconteceu logo depois da abertura dos trabalhos da CPI na manhã de ontem (18), que definiu a composição da CPI, objetivos e planejamento das atividades durante os 90 dias de funcionamento. A preocupação é que a CPI pode ser prorrogada pelo mesmo período, ou seja, podendo ultrapassar o prazo das eleições. "Temos que chegar a um desfecho no prazo original". 

Leia mais...

“Eu gostaria de não ter que apresentar esse projeto, porque todas as crianças, conforme prevê a Constituição, deveriam ter vagas nas creches, mas enquanto isso não é verdade, precisamos ter transparência como forma paliativa de cobrança e fiscalização”, foi com essa justificativa, em tom de protesto, que Nilton Bobato (PCdoB) explicou os motivos do Projeto de Lei N°27/2016, apreciado na sessão desta quinta-feira, 12, que torna pública a lista de espera dos inscritos para vagas nos Centros Municipais de Educação Infantil do município. A ideia é formalizar um cadastro por cada CMEI com nome dos responsáveis e posição na fila de espera e divulgá-los no site da prefeitura e no Portal da Transparência. Dados estimam que haja um déficit de mais de duas mil vagas, mas este número pode ser maior, chegando a quatro mil.

Leia mais...

Pela terceira vez na atual legislatura, a Câmara Municipal de Vereadores de Foz do Iguaçu arquivou na sessão de hoje, 10, pedido de instalação de Comissão Processante feita por dirigentes do PCdoB, PP e DEM que apresentava denúncias de irregularidades na Concorrência 001/2016, com vistas a privatizar a gestão dos serviços de urgência e emergência do município por um período de 30 anos pelo valor de R$120 milhões mensais por meio de parceria público-privada. Em meio à investigação da Polícia Federal que descortinou o maior escândalo de corrupção da história de Foz do Iguaçu, dos quinze vereadores, oito acataram a denúncia que poderia levar à cassação do prefeito Reni Pereira.

Leia mais...

Vídeo

Boletim Informativo

Informe aqui seu email para receber